5 esclarecimentos sobre as sociedades empresárias

Quem pretende abrir o próprio negócio e vem se familiarizando com o universo do empreendedorismo, muito provavelmente já ouviu falar sobre a alta taxa de mortalidade das empresas. No Brasil, muitos negócios não sobrevivem mais do que dois anos. Esse fenômeno acontece principalmente pela falta de planejamento dos empreendedores e em razão de conflitos. A falta de conhecimento sobre alguns aspectos fundamentais acerca das sociedades empresárias também afeta a estratégia de sobrevivência dos empreendimentos. Por isso, algumas informações são fundamentais para quem está se preparando para abrir um negócio, seja
Continuar lendo…

CVM regulamentou o Crowdfunding

A Comissão de Valores Mobiliários – CVM editou recentemente a Instrução Normativa nº 588, que regulamenta a oferta pública de distribuição de valores mobiliários, mediante utilização de plataforma eletrônica de investimento participativo, também conhecida como Crowdfunding. O Crowdfunding é o financiamento de iniciativas e projetos realizados a partir da colaboração de um grupo de investidores, muitas vezes individuais, utilizando-se de uma plataforma on-line, devidamente autorizada pela CVM. Essa espécie de financiamento tem como finalidade permitir a captação pública de investimentos por sociedades que necessitam de recursos através de uma oferta
Continuar lendo…

Samsung e Anprotec lançam 3º edital do “Programa de Promoção da Economia Criativa”

Samsung e Anprotec estão lançando o edital da terceira rodada do “Programa de Promoção da Economia Criativa”, visando startups de diversas áreas. Os empreendimentos selecionados serão beneficiados com pacotes de serviços e também com aporte financeiro que poderá variar de R$ 50.000,00 a R$ 250.000,00. A aceleradora/incubadora credenciada para hospedar os projetos é a Acelera MGTI, um programa de empreendedorismo de Belo Horizonte que desenvolve startups de base tecnológica. O programa será oficialmente apresentado em um Road Show, no dia 18/07, às 17h00, na Av. Afonso Pena, 4.000, 3º andar,
Continuar lendo…

Centro de BH ganhará um Hub de Inovação

Um Hub de economia criativa (P7 Criativo), inspirado em modelos de inovação do exterior, será inaugurado no centro de Belo Horizonte. Com os olhos no futuro, o projeto promete promover empreendedorismo digital, conexão entre empresas e talentos, desenvolvimento de economia criativa e negócios sustentáveis. O espaço ajudará, além de tudo, a revitalizar o centro de BH e a preparar Minas Gerais para o futuro. Para mais informações, acesse a notícia completa no link a seguir: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticia/estado-prepara-hipercentro-de-bh-para-receber-inedito-ecossistema-de-inovacao-aberta Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br Data: 19 de junho 2017 Foto: Rafael Barra Direitos Reservados

Sócios e Investidores: 2 peças-chave para startups

A Assespro-MG, por meio do seu Comitê de Marketing & Inovação, promoverá, no dia 16 de março, de 9h às 11h, um evento sobre alinhamento entre sócios e a consequente atração de investidores de qualidade para os empreendimentos. O que é relevante ser discutido e formalizado em um acordo de sócios? Qual a hora mais apropriada para fazer esse movimento? Todos os sócios devem ter o mesmo peso na distribuição de “equity”? Quando essas questões societárias são resolvidas, investidores de qualidade são atraídos? Como o investidor pode/deve interferir na nova
Continuar lendo…

Motorista do Uber é reconhecido como empregado

Decisão inédita da Justiça do Trabalho de Minas Gerais reconheceu vínculo de emprego entre motorista parceiro e a Uber do Brasil, condenando-a a anotar a carteira de trabalho do Reclamante com a função de motorista e salário de 80% (oitenta por cento) sobre o faturamento das viagens, bem como determinando o pagamento de verbas rescisórias, tais como aviso prévio, férias +1/3, 13º salário, FGTS e multa de 40% sobre o FGTS. Leia a matéria completa acessando o Blog de gestão jurídica da Melo Campos: http://blog.melocampos.com.br/motorista-do-uber-e-reconhecido-empregado/

Investimento Anjo: conheça a nova modalidade instituída pela lei complementar que disciplina o Simples Nacional

O governo Federal, por meio da Lei Complementar n.º 155, publicada no Diário Oficial da União (DOU) de 28.10.2016, promoveu relevantes alterações na Lei Complementar n.º 123/2006, que disciplina o Simples Nacional. Muito importante que as Startups fiquem atentas às principais novidades, que podem ser vistas no link http://melocampos.com.br/artigo/governo-federal-modifica-lei-do-simples-nacional/ No presente post, porém, destaca-se o que segue abaixo. Para fomentar o mercado das Startups, a partir de 2017, a referida Lei Complementar definiu uma modalidade de aporte de capital mediante investimento anjo. Ou seja, o investidor-anjo (pessoa física ou jurídica)
Continuar lendo…